.Poeta e Pensador

ruiemanuelpais
Sábado, 19 de Junho de 2010

OS VEDAS NA ORIGEM DO CONHECIMENTO RELEGIOSO

OS VEDAS TÊM O ESPÍRITO DE DEUS NA ORIGEM DO CONHECIMENTO RELEGIOSO E A SABEDORIA DOS RISHIS

 

Os Hindus consideram a sua religião como tendo sido desvelada através dos Vedas. Estes textos são tidos como revelações directas e são tidos como Apaurusheya ou inteiramente supra-humano, sem nenhum autor em particular. Os Vedas são o glorioso orgulho dos Hindus, além de todo o mundo!

 

O termo Veda vem da raiz “vid”, “conhecer”. A palavra “veda” significa “conhecimento”. Quando se aplica este termo para as Escrituras, então significa livros de conhecimento. Os Vedas são as escrituras fundamentais do Hinduísmo. Os Vedas são a origem de outros cinco tipos de escrituras, e mesmo dos escritos seculares. Os Vedas são o armazém do conhecimento da Índia, e uma imemorável glória a qual o homem jamais irá esquecer pela eternidade.

 

Verdades desveladas sem começo e fim Os Vedas são verdades eternas desveladas por Deus, para os antigos sábios ou Rishis da Índia. A palavra “rishi” significa um vidente, de “dris”, ver. Eles são Mantra-Drastha, profecida de Mantra ou pensamento. O pensamento o qual não é seu próprio (do Rishi). Os Rishis viram a verdade ou a ouviram. Portanto, os Vedas são o que foram escutados (Sruti). Os Rishis não Os escreveram. Eles não Os criaram segundo as suas próprias imaginações mentais. Eles foram vistos e escutados porque têm existência real. Foi apenas uma descoberta espiritual do pensamento. O Rishi não é o inventor do Veda.

 

Os Vedas representam a experiência espiritual dos sábios ou Rishis de outrora. O Rishi é tal qual um “médium” ou um agente que transmite para as pessoas a experiência intuicional a qual ele recebeu. As verdades dos Vedas são desvelações. Todas as outras religiões do mundo clamam suas autoridades como sendo entregues por mensageiros divinos especiais de Deus, concedida para certas pessoas, mas os Vedas não se relacionam com a autoridade de ninguém. Eles são em Si mesmos a autoridade, uma vez que são eternos o conhecimento do Senhor em Si mesmo. O Senhor Brahma, o criador do mundo material, distribuiu o conhecimento para o Rishis ou videntes. Os Rishis disseminaram este conhecimento por sobre a Terra. Os sábios Rishis eram pessoas altamente realizadas, e que tinham a percepção de Brahman ou a Verdade. Eles eram escritores sob elevada inspiração. Eles construíram um simples, grande e perfeito sistema de religião e filosofia, do qual os fundadores e mestres de todas as outras religiões buscaram profunda inspiração.

 

Os Vedas são os mais antigos livros na biblioteca da humanidade. As verdades contidas em todas as religiões derivam-se dos Vedas, e são, no final das contas, o que os Vedas dizem para ser seguido. Os Vedas são a fonte da eterna religião. Os Vedas são a origem última da qual todos conhecimentos religiões podem ser seguidos. Religião é de origem divina. Ela foi desvelada por Deus para a humanidade nos tempos primordiais. Religião é a incorporação dos Vedas. Os Vedas são eternos. .Eles não têm começo ou fim. Uma pessoa ignorante talvez diga que um livro

tem um começo ou um fim. Mas os Vedas não são livros que foram pensados.

 

"Os Vedas vieram pelo sopro do Senhor. Eles são as palavras de Deus. Os Vedas não foram expressos por pessoas. Eles não são uma composição de qualquer mente humana. Eles jamais foram escritos ou determinados pela mente humana. Os Vedas são eternos e impessoais. A data da criação dos Vedas jamais poderá ser fixada. Os Vedas contêm as verdades espirituais eternas. Os Vedas são a incorporação do conhecimento divino. Os livros podem ser destruídos, mas o conhecimento não pode ser destruído. O conhecimento é eterno. Neste sentido, os Vedas são eternos."

 

Os quarto Vedas e suas sub-divisões. Os Vedas se dividem em quatro grandes livros, saber: Rg-veda, Yajur-veda, Sama-Veda, e Atharva-Veda. O Yajur-veda divide-se em duas partes, o Sukla e o Krishna. A parte Krishna ou o Taittiriya é um antigo livro, e o Sukla ou Vajasaneya é uma desvelação posterior, para o sábio Yajñavalkua, vinda do resplandecente Senhor Sol.

 

http://ruipaispoesiaespiritual.blogs.sapo.pt/ 

 

http://www.youtube.com/user/ruiemppais

 

 

publicado por Emanuel às 15:59
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ALGUNS PENSAMENTOS DE GRA...

. SABEDORIA DO SOL NASCENTE...

. A CIÊNCIA DE ELIPHAS LEVI...

. A LUZ DO MILAGRE DA VIDA ...

. O que vale na Vida não é ...

. PENSAMENTOS "LIVRO DOS SÁ...

. MANIFESTAÇÃO DO DESPERTAR...

. O PENSAMENTO DE MO TI CO...

. A VIDA É UMA PORTA ABERTA...

. A ESCOLA DA VIDA DO BERÇO...

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

.favorito

. SER POETA É LUTAR PELA PA...

blogs SAPO

.subscrever feeds